sábado, agosto 29

Missa surrealista

Como hoje não estava muito calor e não havia tosse cá por casa, fomos à missa das 19h na igreja da Nazaré.
Quando chegámos o padre baptizava 4 crianças, pensei logo que a missa ia atrasar porque já é hábito dele.
18h 53h entram os membros do coro e o organista.
18h 55m começa, de repente, uma senhora, que habitualmente acende as velas e prepara os objectos para a missa, a rezar o terço...
19h 05m o padre está à porta à espera que o coro comece o cântico de entrada, o sino dá às 19h (naquela igreja até o relógio da torre é atrasado), a mulher continua a debitar o terço, o coro não inicia o cântico, o organista envia sms pelo telemóvel (e escusam de mencionar o meu "tuíte" que esse foi logo que lá cheguei) o padre dirige-se ao altar e... senta-se.
19h 10m a mulher chega ao fim dos 5 mistérios (depois de o organista ter enviado mais umas sms) e o padre levanta-se e passa directamente para a salve-rainha e depois ficamos a saber que aquilo é uma novena de preparação para a festa da Senhora da Nazaré e só depois de mais uma oração e mais uma leitura se inicia realmente a missa.
Tenho cá uma pontaria, sempre que resolvo ir lá à missa sucede-me alguma.
Ahhh a missa terminou às 20h 10m....

2 comentários:

fernando.dionisio disse...

Tás perdoada...

Só twittaste uma vez :)

Frederico Fernandes disse...

Opá! Que Via Sacra!
Ficaste limpinha! Bora pecar por mais 2 anos!
:)
A missa devia ser uma algo de leve, bonito e simples...porque so o simple atinge de verdade o coração dos humanos...